segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O papa esquecido é declarado beato


 

A santidade de um papa é noticia. Sinto uma alegria quando posso ler na manchete do  O Globo a noticia sobre  beatificação de Paulo VI.

No vídeo, podemos assistir um documentário sobre Paulo VI que o coloca dentro do contexto, apresenta o primeiro papa que sofreu um atentado transmitido pela televisão, mostra a sua viagem  à  Terra Santa, pela primeira vez na historia um papa visita a terra de Jesus e a América Latina, esteve em Colômbia.

Através do documentário, podemos ver cenas inéditas do papa Leão XIII e da visita de Paulo VII aos Estados Unidos. Mostra a atitude do Papa dentro do Concilio Vaticano II e como os italianos viveram o fascismo. Foi a ONU e a India. Escreveu a Populorum  Progressio que fala sobre o desenvolvimento dos povos. Ao escrever a Humanae Vitae e Caelibatus Sacerdotalis sofre  incompreensões dentro e fora da Igreja. Duas afirmações célebres: “Jamais à guerra”; “a Igreja é perita em humanidades”.

Um comentário:

  1. Parabéns pela postagem, Pe. Cássio, Paulo VI foi um grande e nem sempre compreendido pastor.

    ResponderExcluir